VEREADORES CONHECEM PROJETO "ARBORIZAÇÃO MAIS SEGURA" E POSSIVEL IMPLANTAÇÃO

Publicado em: 09 de agosto de 2017

Nesta terça-feira (08), os vereadores Adriano do Postinho e Ezequiel Lima reuniram-se, na Câmara Municipal, com o consultor ambiental Luciano de Sene Fernandes e o gerente de relacionamento Carlos Eduardo Camargo, ambos da CPFL Energia, para conhecerem o projeto Arborização Mais Segura, voltado ao plantio de árvores próprias para áreas urbanas oferecendo proteção e sombreamento aos cidadãos. Além dos vereadores, participou da reunião o secretário municipal de Meio Ambiente, Paulo Sérgio Lucas.

Preocupados com as constantes interrupções do fornecimento de energia em vários pontos da cidade em razão da interferência da vegetação, principalmente no período chuvoso, época em que o vento forte colabora para o aumento deste tipo de problema, os parlamentarem foram em busca da solução e a mais adequada foi a oferecida pela concessionária de energia.

Segundo os vereadores, o objetivo é a identificação das árvores que oferecem riscos à população, aquelas que estão próximas à rede primaria de energia e sua substituição por espécies adequadas à área urbana

“Foi averiguado que o município poderia ter até 300 árvores a serem substituídas. Além das substituições, eles (CPFL) repõem vezes quatro esse número para que possam ser feitas melhorias em praças públicas e outras áreas. As mudas são entregues com aproximadamente 1,50 à 2 metros adequadas ao meio urbano, evitando que ao longo prazo as mesmas encostem nos fios, evitando quedas de energia, acidentes e até destruição de calçadas”, explicou o vereador Adriano do Postinho, que em parceria com Ezequiel Lima, estuda apresentar Projeto de Lei.  

 

O PROJETO

Após a retirada, a CPFL inicia a entrega de mudas que serão plantadas. Além dos locais das árvores retiradas, diversos outros pontos das cidades também recebem o plantio. As espécies possuem porte médio, o que torna mais fácil os cuidados e o seu desenvolvimento.

Ao adotar espécies de árvores adequadas ao convívio harmônico com as infraestruturas da área urbana é possível evitar:


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email